Category archives: blog1

Fale um pouco sobre mim!

Uma consulta astrológica deve ter um objetivo, um propósito. Parece óbvio? Começo de novo, então. Existe um hábito bastante difundido pela astrologia moderna de fazer ou aceitar consultas que iniciam com o cliente perguntando “Fale um pouco sobre mim?”.  A contrapartida do astrólogo é fazer uma descrição do cliente, falando de tudo um pouco e pouco sobre muito. O cliente, imagino, sairá satisfeito (ou não) da consulta na medida dos acertos do astrólogo. Porém, as situações do “fale sobre mim” são problemáticas em muitos níveis.  Em primeiro lugar, uma descrição “meia boca” só serve para [...]

Um Passeio pelo Sistema Solar

  Que tal um passeio pelo Sistema Solar? O vídeo é ótimo e tem menos de 10 minutos. As legendas do vídeo estão em inglês, mas vale a pena o esforço em tentar lê-las .   Falaremos mais a frente sobre o significado mitológico do nome de cada planeta. Por hora, vale simplesmente tomar uma noção geral do sistema solar... nossa vizinhança no Universo.  

Ouvir Estrelas

Ora (direis) ouvir estrelas! Certo, Perdeste o senso!” E eu vos direi, no entanto, Que para ouvi-las, muita vez desperto E abro as janelas, pálido de espanto... E conversamos toda noite, enquanto A Via-Láctea, como um pálio aberto, Cintila. E, ao vir do sol, saudoso e em pranto, Inda as procuro pelo céu deserto. Direis agora: - “Tresloucado amigo! Que conversas com elas? Que sentido Tem o que dizem, quando estão contigo?” E eu vos direi. – “Amai para entendê-las! Pois só quem ama pode ter ouvido" Ouvir Estrelas, Olavo Bilac.

Mesma pergunta, várias horárias e diferentes respostas?

Podem duas horárias, feitas em momentos diferentes, dar duas respostas diferentes? Resposta: não e sim. Não, porque horária é divinação. Tradicionalmente, ao fazer uma pergunta peço uma revelação sobre os acontecimentos futuros. É uma revelação, uma divinação: o céu me diz o que ocorrerá independentemente da minha vontade. E qual a finalidade de perguntar, então? Em uma situação que me foge ao controle, prever o desenlace feliz me dá tranquilidade, confiança e permito-me curtir o momento. Para as previsões de insucesso, preparo-me para ser resiliente, paciente e (como quem fica pa[...]